Entrevista: Carolina Menegotto

0

Carolina Menegotto nasceu e mora em Porto Alegre. Atualmente cursa a faculdade de Game Design, com formatura prevista para o final de 2018. No tempo livre, gosta de escrever contos, ler, ouvir música e praticar no teclado. Pretende unir sua paixão pela leitura e escrita com sua formação, seguindo carreira como roteirista e escritora. Este é o seu primeiro conto publicado, graças ao incentivo de seu professor de roteiros.

O Capricho dos Deuses” traz muitas cenas de batalha. Quais foram suas referências literárias para a escrita do conto?

É difícil dizer e não tenho uma resposta muito certa… A ideia do conto já tem algum tempo, talvez pouco mais de um ano, realmente não recordo se teve alguma referência específica. Em parte, acho que foi através de fóruns de RPG, onde havia diversas batalhas, que acabei ganhando a inspiração para essas cenas.

A história termina de forma abrupta, dando a entender que o ciclo no qual os personagens estão envolvidos continua. Estou curioso: dentro deste universo, há alguma forma de quebrar esse ciclo?

Só a Maia e o Samuel, não. Eles estão presos às exigências dos Superiores, dependentes da boa vontade deles. Poderiam receber uma ajuda externa, mas os Castos e os Pecadores são criados para serem inimigos e não questionarem. Por mais que amigos possam simpatizar com a situação, vão achar que os dois estão errados e/ou ter medo de irritar os Superiores e terminar numa situação semelhante.

Além da literatura, o que te inspira a escrever? Nos conte um pouco da sua jornada como escritora.

Muitas ideias surgem quando escuto música ou nas situações do dia a dia, mitologias diversas também chamam minha atenção. No geral, as ideias vêm praticamente do nada, enquanto penso “e se…”.

Sobre minha jornada: Quando eu tinha uns 12 anos (talvez um pouco menos), minha irmã contava inúmeras histórias e me fez ter interesse em criar narrativas. Por curiosidade, entrei em fóruns de RPG e descobri que adorava criar personagens e que era mais fácil (e interessante) criar narrativas com eles. Comecei a escrever as ideias gerais de histórias, mas tinha medo do que as pessoas iriam achar.

Na faculdade, meu professor perguntou se eu tinha a intenção de publicar o conto (imaginem minha surpresa e alegria), foi nesse momento que resolvi ser escritora. Foi graças a ele que conheci a Trasgo.

Quais são os planos para o futuro? No que você anda trabalhando?

Pretendo escrever mais contos, testando outros estilos e formas de narrar. Tenho muitas ideias de drama e aventura, além de algumas poucas de terror, mas ainda tenho que aprender a organizar melhor meu tempo…

Atualmente, estou trabalhando no roteiro do jogo The Princess’ Tale (é possível achar o trailer no YouTube pesquisando por #sbgames2017).

Mas, fora isso, tenho vários projetos que venho amadurecendo na mente e, agora, espero que eles comecem a se concretizar no papel. Alguns contos curtos e outros serão romances mais elaborados. Tem também outras histórias que pretendo adaptar para jogos… Muitas ideias e muito trabalho.

Use este espaço para compartilhar o que quiser com os leitores da Trasgo :)

Só gostaria de agradecer a equipe da Trasgo pelo trabalho maravilhoso e que fiquei muito feliz pelo meu conto ser selecionado.

Para quem quiser entrar em contato, é mais garantido me enviar um email (cacau.menegotto@gmail.com). Estou reativando meu Facebook fb.com/carolina.menegotto, mas não tenho tanto o hábito de olhar ele. Talvez mais pra frente crie um blog ou um site, mas ainda estou pensando na ideia.

Enrico Tuosto
Enrico Tuosto
Enrico Tuosto é escritor, revisor da Trasgo e rockstar fracassado. Também cuida das redes sociais e da newsletter da revista, mas o que ele gosta mesmo de fazer é jogar RPG. enricotuosto.tumblr.com/writing

Gostou desse conteúdo? Seja nosso padrinho ou madrinha e nos ajude a trazer mais autores e autoras na Trasgo! Com a partir de um real por mês você colabora com a revista e tem acesso a cursos, promoções e mais!

padrim-site Clique no banner ou acesse padrim.com.br/trasgo

Comente

Antes de enviar um comentário, por favor leia os Termos de Uso.